FECHAR
FECHAR
26 de setembro de 2011
Voltar
Editorial

O mercado de pós-venda mostra sua força

Quem passou pelo Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, entre os dias 10 e 13 de agosto último, pode constatar o sucesso da M&T Peças e Serviços 2011 e da Construction Expo 2011, realizadas pela Sobratema nesse período. Em sua primeira edição, os eventos se caracterizaram pela forte presença de expositores e visitantes, que movimentaram intenso volume de negócios. Eles registraram a visitação de nada menos que 25.944 profissionais do setor, que foram conferir in loco as inovações apresentadas pelos 360 expositores presentes, dos quais 126 provenientes de 14 países do exterior.

Esta edição da Revista M&T traz uma cobertura da Construction Expo e da M&T Peças e Serviços, com ênfase nas soluções apresentadas pelos expositores desta última em peças de reposição e suporte em serviços às frotas de equipamentos que operam em canteiros de obras e frentes de mineração. Mantendo as características da M&T Expo, maior feira de equipamentos para construção da América Latina, também realizada pela Sobratema a cada três anos, a M&T Peças e Serviços revelou sua abrangência regional, registrando forte presença de visitantes do Cone Sul e de expositores com foco nesse mercado.

Afinal, o mercado brasileiro de peças e serviços para equipamentos de construção exerce forte influência sobre o dos países vizinhos, na medida em que vem crescendo na mesma proporção dos investimentos em infraestrutura, obras industriais e imobiliárias no país. Tais investimentos colocam o Brasil seguramente entre os principais responsáveis pela manutenção dos níveis de vendas da indústria de máquinas global. Pelos cálculos da Sobratema, esse segmento de negócios – de peças e serviços para máquinas de construção – já movimenta cerca de 110 mil indústrias no país, com faturamento da ordem de R$ 6 bilhões/ano e tendência de crescimento.

O sucesso da M&T Peças e Serviços também deve ser atribuído à sólida parceria estabelecida entre a Sobratema e um amplo leque de entidades do setor, nacionais e internacionais, que transformou o evento em fórum de discussão sobre tendências e o futuro da construção. Veja, nas páginas a seguir, alguns dos temas debatidos durante o evento, não apenas nos corredores e estandes dos expositores, mas também no ciclo de seminários e apresentações que ocorreu simultaneamente à feira.

Uma boa leitura.

Cláudio Schmidt

Presidente do Conselho Editorial