ABRIR
FECHAR
ABRIR
FECHAR
20 de outubro de 2021
Voltar

JCB investe 100 milhões de libras em projeto de motor a hidrogênio

A companhia deve apresentar as primeiras máquinas movidas a hidrogênio já no final do próximo ano
Fonte: BBC

A fabricante britânica está investindo 100 milhões de libras em um projeto para produzir "motores a hidrogênio supereficientes". A companhia baseada em Uttoxeter tem como objetivo disponibilizar as primeiras máquinas aos clientes já no final do próximo ano.

Uma equipe de 100 engenheiros vem trabalhando no desenvolvimento, mas o recrutamento de mais 50 profissionais está em andamento. O presidente da JCB, Lord Anthony Bamford, disse que a empresa almeja uma oferta de máquinas totalmente livres de combustíveis fósseis.

“Esses serão os primeiros motores a hidrogênio da nossa indústria, desenvolvidos na Grã-Bretanha por engenheiros britânicos”, ressaltou.

Ontem (dia 19), a empresa apresentou protótipos de uma pá carregadeira e de um manipulador telescópico Loadall movidos a hidrogênio, durante evento realizado em Londres, que contou inclusive com a presença do primeiro-ministro inglês Boris Johnson (na foto, com Lord Bamford).

“Fabricamos máquinas que ainda são movidas a diesel, mas temos que encontrar uma solução e estamos fazendo algo a respeito agora”, comentou Lord Bamford.

“Estamos investindo em hidrogênio, pois não vemos a eletricidade como uma solução completa, particularmente para ...


A fabricante britânica está investindo 100 milhões de libras em um projeto para produzir "motores a hidrogênio supereficientes". A companhia baseada em Uttoxeter tem como objetivo disponibilizar as primeiras máquinas aos clientes já no final do próximo ano.

Uma equipe de 100 engenheiros vem trabalhando no desenvolvimento, mas o recrutamento de mais 50 profissionais está em andamento. O presidente da JCB, Lord Anthony Bamford, disse que a empresa almeja uma oferta de máquinas totalmente livres de combustíveis fósseis.

“Esses serão os primeiros motores a hidrogênio da nossa indústria, desenvolvidos na Grã-Bretanha por engenheiros britânicos”, ressaltou.

Ontem (dia 19), a empresa apresentou protótipos de uma pá carregadeira e de um manipulador telescópico Loadall movidos a hidrogênio, durante evento realizado em Londres, que contou inclusive com a presença do primeiro-ministro inglês Boris Johnson (na foto, com Lord Bamford).

“Fabricamos máquinas que ainda são movidas a diesel, mas temos que encontrar uma solução e estamos fazendo algo a respeito agora”, comentou Lord Bamford.

“Estamos investindo em hidrogênio, pois não vemos a eletricidade como uma solução completa, particularmente para a nossa indústria, pois só pode ser usada em máquinas menores”, completou.

O executivo afirmou que a empresa continuará a fabricar motores, porém agora “supereficientes”, com emissão zero de CO2. Desde 2004, a JCB produz motores nas fábricas em Derbyshire (Inglaterra) e em Delhi (Índia).