FECHAR
27 de abril de 2021
Voltar

bauma 2022 é adiada

Principal evento global do setor foi reagendado para o período de 24 a 30 de outubro de 2022
Fonte: Assessoria de Imprensa

Por meio de comunicado à imprensa, a Messe München anunciou o adiamento da bauma 2022, principal feira mundial de máquinas, veículos, equipamentos e materiais para construção e mineração.

Previsto originalmente para ocorrer em abril, em Munique, na Alemanha, o evento foi reprogramado para o período de 24 a 30 de outubro de 2022. Segundo a organização, todos os acordos relacionados à participação na feira continuam válidos para as novas datas.

O adiamento é resultado de numerosas discussões entre a Messe München, representantes da indústria e o conselho consultivo do evento. Com as incertezas por conta da pandemia global de covid-19, os organizadores consideraram que é difícil avaliar se as viagens internacionais – cruciais para o sucesso da feira – voltarão a ser realizadas dentro de um ano sem restrições.

“Com esta decisão, expositores e visitantes têm agora clareza de um planejamento mais seguro”, disse Klaus Dittrich, presidente e CEO da Messe München. “A decisão de adiar a bauma não foi fácil para nós, é claro. Mas tínhamos de fazer agora, antes de os expositores começarem a planejar a sua participação.”

Segundo o diretor da Associação Alem...


Por meio de comunicado à imprensa, a Messe München anunciou o adiamento da bauma 2022, principal feira mundial de máquinas, veículos, equipamentos e materiais para construção e mineração.

Previsto originalmente para ocorrer em abril, em Munique, na Alemanha, o evento foi reprogramado para o período de 24 a 30 de outubro de 2022. Segundo a organização, todos os acordos relacionados à participação na feira continuam válidos para as novas datas.

O adiamento é resultado de numerosas discussões entre a Messe München, representantes da indústria e o conselho consultivo do evento. Com as incertezas por conta da pandemia global de covid-19, os organizadores consideraram que é difícil avaliar se as viagens internacionais – cruciais para o sucesso da feira – voltarão a ser realizadas dentro de um ano sem restrições.

“Com esta decisão, expositores e visitantes têm agora clareza de um planejamento mais seguro”, disse Klaus Dittrich, presidente e CEO da Messe München. “A decisão de adiar a bauma não foi fácil para nós, é claro. Mas tínhamos de fazer agora, antes de os expositores começarem a planejar a sua participação.”

Segundo o diretor da Associação Alemã de Fabricantes de Máquinas e Instalações Industriais (VDMA), Joachim Schmid, o adiamento tem apoio do setor, especialmente dos expositores, que fazem investimentos elevados na montagem de estandes, logística e hospedagem, esperando que clientes do mundo todo compareçam à feira.

“A decisão é dura, mas dá a todas as partes a base de planejamento de que precisam”, comentou Schmid.