01 de novembro de 2017 - 05h27

Fornecedora Máquinas lança dois modelos de pás-carregadeiras Case no Ceará

Máquinas são usadas principalmente por ceramistas, barreiros, construtoras e em viveiros de camarão

Fonte: Assessoria de Imprensa

A expectativa pelo início da recuperação do mercado de máquinas de construção no Ceará é para 2018, a exemplo do que acontece em todo o país.

E a Case Construction Equipment e a concessionária Fornecedora Máquinas já investem para atender seus clientes e lançam novos produtos: as pás-carregadeiras W20F e 621E.

A Case tem uma participação significativa no segmento de pás-carregadeiras no estado, com 53% de participação, e alcançou 34% do mercado de máquinas em geral.

“Nesse período de queda de mercado pelo qual passamos nos últimos anos, focamos em ganhar market share. Para isso, apostamos na qualidade dos produtos e no nosso pós-venda”, avalia Augusto Cesar, gerente de vendas da concessionária.

A Fornecedora é distribuidor Case desde 1978, representando a marca nos estados do Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte e Piauí, onde possui instalações completas de atendimento, com estoque de peças, estrutura de oficina e mecânicos, entre outros departamentos.

A Fornecedora conta ainda com uma locadora com mais de 500 máquinas.

Equipamentos

Os principais diferenciais dos dois novos modelos de pás-carregadeiras da Case são a durabilidade, menor custo de propriedade e consumo de combustível, informa Maurício Moraes, gerente de Marketing para a América Latina.

No caso da W20F, o destaque é o motor mecânico e sem componentes eletrônicos. “Ainda existe no Brasil uma forte demanda por um produto simples, sem muita eletrônica embarcada e de baixo custo operacional e de manutenção”, garante Moraes.

A W20F tem motor mecânico N67 da FPT Industrial, que atende à legislação MAR-I/Tier 3 e desenvolve 152 hp de potência bruta.

Segundo o executivo, é a mais robusta da categoria e traz vantagens em relação à versão anterior, como manutenção mais barata e facilidade de acesso ao motor, menor nível de ruído externo e produtividade 13% maior com a curva de torque do novo motor, que permite obter o torque máximo mais rápido e mantê-lo por mais tempo se comparado com a W20E.

“Com isso, a máquina também enche a caçamba mais rapidamente, aumentando o rendimento do trabalho”, explica Moraes.

A 621E chega ao mercado com uma grande novidade em relação ao consumo de combustível: o motor eletrônico da FPT Industrial NEF6 Mar-I/Tier 3 com duas curvas de potência.

Além da standard, há também a econômica, que garante 10% de economia de combustível em relação à versão anterior.

“O modelo também se diferencia com a curva de torque que permite atingir a potência mais rapidamente e mantê-la por mais tempo, garantindo agilidade ao encher a caçamba”, diz Moraes.

HOME | QUEM SOMOS | ASSOCIADOS | FALE CONOSCO | MEU CADASTRO