04 de outubro de 2017 - 05h23

Cummins apresenta protótipo de caminhão elétrico

Fabricante de motores aposta na diversidade energética

Fonte: Assessoria de Imprensa

A tradicional fornecedora de motores diesel para caminhões, ônibus, picapes e demais tipos de veículos, Cummins apresentou em seu centro de tecnologia em Columbus, Estados Unidos, um inédito protótipo de caminhão elétrico pesado, o Aeos, um cavalo mecânico 4x2 rodoviário Classe 7 com peso bruto total (PBT) de 33,7 toneladas e capacidade para tracionar quase 20 toneladas de carga.

O caminhão elétrico será usado como demonstração em aplicações de transporte rodoviário, entregas urbanas e atividades portuárias, como manuseio de contêineres. Na configuração básica, o caminhão tem autonomia de 160 quilômetros.

Já na versão completa, o Aeos pode rodar até 482 quilômetros com uma única carga. Segundo a Cummins, a recarga da bateria de 140 kWh dura uma hora, mas o fabricante já desenvolve uma solução para baixar este tempo a 20 minutos até 2020.

“Definitivamente não queremos ser fabricantes de caminhões, esses são os nossos clientes. Queremos ser um fornecedor de powertrain como já fazemos hoje, mas com diversidade de opções, inclusive a totalmente elétrica”, esclarece Jennifer Rumsey, executiva-chefe de tecnologia (CTO) da Cummins, afastando possíveis especulações geradas com a apresentação do futurista protótipo elétrico Aeos que leva sua marca – a carroceria foi desenhada pela própria Cummins e feita sob encomenda pela também americana Roush Industries.

Sobre a autonomia do caminhão, Jennifer admite que é curta para tornar a solução comercialmente viável, mas afirma que “pode ser usado por transportadores que operam entre cidades próximas e passam por zonas com restrições de emissões e ruídos”.

Ela destaca que é possível aumentar o alcance do Aeos para cerca de 480 km com um pacote extra de baterias, mas com consequente redução da capacidade de carga.

Com potência do motor elétrico de 476 cavalos (350 kW) e torque máximo de 3.400, frenagem regenerativa para recarregar as baterias e painéis no teto para captar energia solar, segundo a Cummins o Aeos é de 25% a 35% mais rápido do que um caminhão similar equipado com motor diesel de 11 a 12 litros, com consumo equivalente de diesel de 12,75 km/l.

HOME | QUEM SOMOS | ASSOCIADOS | FALE CONOSCO | MEU CADASTRO