08 de março de 2017 - 12h35

Brasil deve ter crescimento de 3,2% no último tri de 2017

Para o ministro da Fazenda, as reformas fiscais e microeconômicas tocadas pelo governo em conjunto com as medidas para redução do tamanho do Estado podem levar o PIB potencial do país a mais de 3,5%

Fonte: DCI

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou esta semana que o Produto Interno Bruto (PIB) deverá exibir crescimento anualizado de 3,2% no último trimestre de 2017, reflexo da retomada após dois anos de profunda recessão.

A economia brasileira aprofundou a crise e encolheu mais do que o esperado no último trimestre de 2016, com forte retração dos investimentos, marcando a recessão mais longa do Brasil ao fechar o ano com queda de 3,6%. Sobre o quarto trimestre de 2015, o PIB despencou 2,5%.

Para 2017 o panorama é diferente, acrescentou ele, afirmando que na comparação do quarto trimestre do ano sobre igual período de 2016 a alta no PIB deverá ser de 2,4%.

O ministro defendeu que está em curso um processo de redução do endividamento das empresas e das famílias, algo visto como fundamental para o Brasil voltar a crescer.

Para Meirelles, as reformas fiscais e microeconômicas tocadas pelo governo em conjunto com as medidas para redução do tamanho do Estado podem levar o PIB potencial do país a mais de 3,5%

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
HOME | QUEM SOMOS | ASSOCIADOS | FALE CONOSCO | MEU CADASTRO