FECHAR
FECHAR
13 de fevereiro de 2019
Voltar

EMPRESAS

Volvo investe mais R$ 250 milhões em sua operação no Brasil

Os R$ 250 milhões que serão investidos até o final de 2020 são um volume adicional ao total de R$ 1 bilhão que o Grupo Volvo está investindo no período de 2017 a 2019
Fonte: Assessoria de Imprensa

O Grupo Volvo está expandindo sua operação no Brasil em 2019. A empresa começou o ano contratando 300 novos funcionários, aumentando o segundo turno de caminhões e ampliando em mais R$ 250 milhões os investimentos até 2020.

“Nossa decisão de novos investimentos e contratações é resultado dos sinais consistentes de retomada da economia e da expectativa de um aumento de cerca de 30% no mercado total de caminhões no Brasil”, declara Wilson Lirmann, presidente do Grupo Volvo América Latina. O segmento de ônibus também mostra bons indicadores de melhora no país.

Os R$ 250 milhões que serão investidos até o final de 2020 são um volume adicional ao total de R$ 1 bilhão que o Grupo Volvo está investindo no período de 2017 a 2019.

“São novos recursos para todos os negócios da marca no Brasil: caminhões, ônibus, equipamentos de construção e motores marítimos e industriais, na pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e serviços”, explica o presidente.

A previsão do Grupo Volvo é que a economia continue se recuperando e que as vendas de caminhões acompanhem esse ritmo.

O maior complexo industrial da marca no ...


O Grupo Volvo está expandindo sua operação no Brasil em 2019. A empresa começou o ano contratando 300 novos funcionários, aumentando o segundo turno de caminhões e ampliando em mais R$ 250 milhões os investimentos até 2020.

“Nossa decisão de novos investimentos e contratações é resultado dos sinais consistentes de retomada da economia e da expectativa de um aumento de cerca de 30% no mercado total de caminhões no Brasil”, declara Wilson Lirmann, presidente do Grupo Volvo América Latina. O segmento de ônibus também mostra bons indicadores de melhora no país.

Os R$ 250 milhões que serão investidos até o final de 2020 são um volume adicional ao total de R$ 1 bilhão que o Grupo Volvo está investindo no período de 2017 a 2019.

“São novos recursos para todos os negócios da marca no Brasil: caminhões, ônibus, equipamentos de construção e motores marítimos e industriais, na pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e serviços”, explica o presidente.

A previsão do Grupo Volvo é que a economia continue se recuperando e que as vendas de caminhões acompanhem esse ritmo.

O maior complexo industrial da marca no continente está localizado em Curitiba, no Paraná, onde a Volvo produz caminhões pesados e semipesados, ônibus rodoviários e urbanos, motores, cabines e caixas de câmbio. A empresa também tem um fábrica de equipamentos de construção em Pederneiras, interior de São Paulo.

Caminhões

A Volvo encerrou 2018 entre os líderes no Brasil e na América Latina no segmento de caminhões pesados.

Um dos destaques da marca foi o desempenho do modelo FH 540cv 6x4, que, com 4.114 unidades emplacadas no Brasil em 2018, tornou-se o caminhão mais vendido em todos os segmentos.

A Volvo também cresceu na área de semipesados, com uma elevação de 66% de vendas no período.

Levando-se em consideração todos segmentos em que atua, acima de 16 toneladas, a Volvo registrou um aumento de 79% em relação a 2017, o equivalente a 10.642 unidades.

Mercado de caminhões – América Latina

O Brasil tem o maior mercado de caminhões pesados da América Latina, mas a Volvo também se destaca em outros países, como o Peru, onde a marca conta com 27,9% de market share (1.215 caminhões pesados). A Volvo ainda tem boa performance nos mercados argentino, com 19,1% de participação (1.122 caminhões pesados) e chileno, com 17% do total (1.060 caminhões pesados).

A Volvo também foi a marca que mais cresceu no segmento de semipesados acima de 16 toneladas de PBT (Peso Bruto Total), com uma expansão de 66% nas vendas, um resultado bastante superior ao desse segmento no Brasil, que aumentou 32% na comparação com o período anterior.

O VM, modelo da Volvo nesta categoria, teve um crescimento constante ao longo do ano, e no último trimestre atingiu uma participação de mercado de 10%.

Segmento fora de estrada

Os caminhões da Volvo também estão conquistando cada vez mais os transportadores que atuam no segmento fora de estrada – áreas específicas, em que o transporte é mais severo e dedicado.

No setor sucroalcooleiro (cana-de-açúcar), por exemplo, a marca, explica o presidente, conta com 46% de participação. A Volvo também cresceu em market share no Brasil no transporte fora de estrada pesado, com uma elevação de 55%.

Serviços Financeiros

Braço financeiro do Grupo Volvo, a Volvo Financial Services apresentou mais um bom resultado no país em 2018, registrando um crescimento de 83% na carteira de financiamentos.

Segundo Lirmann, o Banco Volvo manteve sua excelente posição de ser o principal responsável pelo financiamento dos clientes no país, com uma participação de cerca de 40% das vendas em 2018.