FECHAR
FECHAR
08 de outubro de 2019
Voltar

LANÇAMENTOS

SSAB participa da Fenatran 2019

Siderúrgica mostra produtos como os aços de alta resistência das séries Strenx, Hardox e Hardox 500Tuf, que prometem redução de peso e aumento de vida útil
Fonte: Assessoria de Imprensa

A SSAB leva à Fenatran 2019 suas linhas antidesgaste Hardox e de aço estrutural de alta resistência Strenx, com destaque para o produto Hardox 500Tuf, que promete tanto o aumento de vida útil do equipamento, como sua redução de peso. O evento acontece de 14 a 18 de outubro em São Paulo.

“Desde o início de suas operações no Brasil há mais de 15 anos, a SSAB sempre focou primordialmente no segmento de veículos pesados, destacando que não somos somente mais uma usina siderúrgica, mas também um parceiro em soluções e inovações quando se trata de aços de alta resistência”, diz Michel Zveibil, gerente regional de vendas da SSAB, ressaltando que o setor é um dos principais nichos de atuação da siderúrgica.

O executivo destaca ainda que a companhia busca encontrar novos players, mostrando-se à disposição para atendimento direto a todos os portes de empresas, já que comercializa desde chapas avulsas até grandes volumes de material.

Destaques – Na Fenatran, será lançado um equipamento produzido com aços Strenx que atualmente só utiliza aços convencionais.

“Nesse projeto foram aplicados materiais ainda mais resistentes do que os existentes hoje em uso nos implementos leves: o Strenx960”, diz. “Este passo representa uma grande inovação e quebra de paradigmas no setor.”

A SSAB também destaca o Hardox 500Tuf, um material já aplicado com sucesso em outros países e que pode ser utilizado nas caixas de carga dos basculantes para mineração, chamadas de “meia cana”.

“O Hardox 500Tuf é um aço de fabricação diferenciada, mais duro do que os materiais normalmente utilizados neste segmento”, ressalta Zveibil. “Apesar deste aumento de dureza, o produto apresenta a mesma capacidade de absorção de impacto e resistência à propagação de trincas, permitindo aumento de resistência ao desgaste das caixas e redução do peso da caçamba, que também ganha um aumento de sua vida útil.”