FECHAR
FECHAR
13 de outubro de 2020
Voltar

Randon vende unidade de veículos para a Müller

Por um valor aproximado de R$ 20 milhões, fabricante encerra atividades da Randon Veículos para se concentrar em seus negócios principais
Fonte: Rádio Gaúcha

Na semana passada, a Randon comunicou ao mercado que o Conselho de Administração aprovou a venda de parte de ativos de propriedade da companhia e da unidade de veículos para a Müller Indústria de Máquinas de Construção, que pertence ao grupo Romac, com sede em Gravataí (RS).

O valor estimado na negociação é de aproximadamente R$ 20 milhões.

Segundo a Randon, a decisão tem por objetivo concentrar a atuação nos principais negócios, levando em conta a sinergia existente entre eles, além de otimizar as plantas e processos industriais.

"Foi uma decisão estratégica", disse o CEO das Empresas Randon, Daniel Randon. “Não foi fácil, pois temos uma história de 47 anos de uma empresa com produtos reconhecidos no Brasil e no exterior, mas decidimos focar nos nossos negócios atuais em que temos a liderança”, completou.

A venda envolve projetos, ferramentais e outros itens destinados à fabricação de veículos especiais, bem como estoques de peças e componentes aplicados à produção e ao mercado de reposição. A unidade de veículos produz retroescavadeiras, peças de reposição e outros veículos.

Com a venda, os conselheiros aprovaram o encerramento...


Na semana passada, a Randon comunicou ao mercado que o Conselho de Administração aprovou a venda de parte de ativos de propriedade da companhia e da unidade de veículos para a Müller Indústria de Máquinas de Construção, que pertence ao grupo Romac, com sede em Gravataí (RS).

O valor estimado na negociação é de aproximadamente R$ 20 milhões.

Segundo a Randon, a decisão tem por objetivo concentrar a atuação nos principais negócios, levando em conta a sinergia existente entre eles, além de otimizar as plantas e processos industriais.

"Foi uma decisão estratégica", disse o CEO das Empresas Randon, Daniel Randon. “Não foi fácil, pois temos uma história de 47 anos de uma empresa com produtos reconhecidos no Brasil e no exterior, mas decidimos focar nos nossos negócios atuais em que temos a liderança”, completou.

A venda envolve projetos, ferramentais e outros itens destinados à fabricação de veículos especiais, bem como estoques de peças e componentes aplicados à produção e ao mercado de reposição. A unidade de veículos produz retroescavadeiras, peças de reposição e outros veículos.

Com a venda, os conselheiros aprovaram o encerramento das atividades operacionais da Randon Veículos, o que deve ocorrer até dezembro. Sobre os empregos, a companhia disse que todos os esforços estão concentrados na realocação dos funcionários da Randon Veículos em outras unidades do grupo.

Atuando com equipamentos de compactação há 30 anos, a Müller ingressa pela primeira vez na produção de retroescavadeiras, minicarregadeiras e caminhões off-road. A expectativa é que a produção em Gravataí ocorra no início de 2021.

Instalado às margens da rodovia RS-118, o parque fabril da Müller conta com 7 mil metros quadrados. A empresa pretende trabalhar com a mesma capacidade de produção da Randon Veículos, que era de até 40 equipamentos por mês.

“A produção ainda está 40% abaixo do ano passado, mas já está sendo retomada após as paradas da pandemia”, disse o diretor administrativo da Romac, Jefferson Recus.