FECHAR
FECHAR
11 de julho de 2018
Voltar

Institucional

Programa Custo Horário da Sobratema passa a contar com 1222 modelos de equipamentos

Novas famílias e categorias de máquinas foram incluídas no programa interativo
Fonte: Assessoria de Imprensa

A Sobratema – Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema) atualizou o Programa Custo Horário de Equipamentos, englobando 357 novos modelos de máquinas usadas em obras de todo o país.

Com isso, o programa totaliza 1222 modelos, o que representa um crescimento de 41,27% ante a última atualização, que contava com 865.

Esse crescimento é resultado do compartilhamento das informações do Guia Sobratema de Equipamentos, considerado uma referência do setor, por contemplar informações e especificações técnicas dos principais equipamentos da construção, mineração, indústria e agronegócio disponíveis no Brasil.

O programa interativo da Sobratema também apresenta uma alta de 45% no número de categorias de equipamentos, passando de 74 para 107, e um aumento de 50% na quantidade de famílias, totalizando 30 famílias.

As 33 novas categorias pertencem a dez novas famílias: carreta hidráulica de perfuração de rocha, compactador combinado – cilindros e pneus, compactador estático 4 cilindros, compactador vibratório tandem, fresadora de asfalto, manipulador telescópico, minicarregadeira (Skid Steer), miniescavadeira, recicladora de asfalto e vibroacabadora de asfalto.

Além disso, a tabela resumo do Custo Horário de Equipamentos também foi ampliada, uma vez que acompanha a quantidade de categorias disponíveis no programa interativo.

Agora, os leitores das Revistas M&T e Grandes Construções podem verificar gratuitamente os valores médios de 107 categorias de máquinas, lembrando que esses valores refletem condições normais de operação e não englobam horas paradas ou improdutivas. Há também a possibilidade de acessar a tabela resumo no site oficial.

A Sobratema ainda realizou uma pesquisa com os principais fabricantes, fornecedores e usuários de máquinas no país para atualizar nos valores dos insumos que integra o custo horário de um equipamento, tais como: combustível, IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), seguro DPVAT (Danos pessoais causados por veículos automotores de via terrestre), mão de obra de manutenção e operação, aquisição de equipamentos novos, dentre outros.

O Programa Custo Horário de Equipamentos passa por atualizações regularmente. Interativo, possibilita ao usuário conhecer os custos horários das principais máquinas utilizadas em vários tipos de obras.

Produção editorial: Revista M&T – Desenvolvido e atualizado por Diagrama Marketing Editoral