FECHAR
FECHAR
29 de setembro de 2020
Voltar

O futuro da mineração

A mineração 4.0 implica em uma completa revolução tecnológica no setor responsável pela extração e beneficiamento mineral
Fonte: Assessoria de Imprensa

A união entre a mineração e a indústria 4.0 foi essencial para o aumento da produtividade e da competitividade do setor que é um dos carros-chefes da economia brasileira.

Esse novo modelo de mineração, com foco no uso de tecnologias disruptivas, tem transformado o processo operacional e tornado o trabalho até mais seguro para todos os profissionais envolvidos.

A mineração 4.0 implica em uma completa revolução tecnológica no setor responsável pela extração e beneficiamento mineral.

De acordo com Jerri Alves, superintendente do Grupo MBL, entre as inovações proporcionadas, estão o uso de caminhões e escavadeiras autônomas, além da implementação de sistemas de business intelligence.

"Agora ficou bem mais fácil identificar quais são as melhores áreas para se fazer a extração de minério, ainda é possível efetuar uma britagem da mais alta qualidade, por exemplo", explica.

O investimento em B.I ainda facilita o uso de sistemas de gestão de alta performance e inteligência para a coleta, organização, análise, compartilhamento e monitoramento de dados, para tomadas de decisões mais assertivas dentro das mineradoras.

"Assim, conseguimos aumentar a seg...


A união entre a mineração e a indústria 4.0 foi essencial para o aumento da produtividade e da competitividade do setor que é um dos carros-chefes da economia brasileira.

Esse novo modelo de mineração, com foco no uso de tecnologias disruptivas, tem transformado o processo operacional e tornado o trabalho até mais seguro para todos os profissionais envolvidos.

A mineração 4.0 implica em uma completa revolução tecnológica no setor responsável pela extração e beneficiamento mineral.

De acordo com Jerri Alves, superintendente do Grupo MBL, entre as inovações proporcionadas, estão o uso de caminhões e escavadeiras autônomas, além da implementação de sistemas de business intelligence.

"Agora ficou bem mais fácil identificar quais são as melhores áreas para se fazer a extração de minério, ainda é possível efetuar uma britagem da mais alta qualidade, por exemplo", explica.

O investimento em B.I ainda facilita o uso de sistemas de gestão de alta performance e inteligência para a coleta, organização, análise, compartilhamento e monitoramento de dados, para tomadas de decisões mais assertivas dentro das mineradoras.

"Assim, conseguimos aumentar a segurança na produção, reduzir custos e aumentar a produtividade, sem impactar o meio ambiente", avalia o superintendente.

Por fim, Alves observa que a mineração 4.0 transformou não só a dinâmica de trabalho e as soluções empregadas, como até mesmo as carreiras do mercado de trabalho, impulsionando a criação de novas profissões para atender novas demandas.