FECHAR
FECHAR
08 de abril de 2019
Voltar

EMPRESAS

Metso Brasil comemora 100 anos de operação

Para comemorar o centenário, a empresa realizará uma série de eventos durante o ano, começando pelas unidades da Metso nas localidades onde tem operação e concluindo com o lançamento de livro sobre a história da empresa, em novembro
Fonte: Assessoria de Imprensa

A operação brasileira da Metso (Metso Brasil) comemora em junho de 2019 a marca histórica de 100 anos de atividades no país.

A empresa realiza uma série de eventos durante o ano, começando pelas unidades da Metso nas localidades onde tem operação e concluindo com o lançamento de livro sobre a história da empresa, em novembro.

Com a premissa de sempre ouvir os clientes, a Metso, afirma Pedro Macedo, vice-presidente de Recursos Humanos da Metso na América do Sul, mostra que chegou a essa longevidade inovando através de produtos, soluções e foco em uma forte cultura de desempenho.

“É um privilégio para cada um de nós olhar para esses 100 anos de história e saber que fomos nós que os construímos. Mais importante ainda que olhar para trás e celebrar esse momento especial, é estarmos lançando as sementes para os próximos períodos”, diz Macedo.

A abertura das celebrações ocorreu em março nas cidades de Sorocaba, SP; Belo Horizonte e Paracatu, MG; e Parauapebas, PA, locais em que Metso tem funcionários.

Na matriz, em Sorocaba, onde 700 funcionários de dois turnos diferentes de trabalho receberam o primeiro evento de comemoração aos 100 anos, será também a sede de um memorial, onde serão expostas as partes mais importantes da história da Metso.

O memorial trará linha do tempo, exposição de produtos e momentos que fizeram parte da história da empresa, além de outras curiosidades expostas em recursos digitais e imersivos.

Um livro, previsto para lançamento no final deste ano, detalha ainda mais a trajetória da empresa, que já teve outros nomes e outras nacionalidades, mas que, desde 1919 – quando o sueco Erik Tysklind lançou a primeira fundição de aço em forno elétrico do país em São Paulo (essa estrutura mais tarde se transformará na Metso) – esteve preparada para se reinventar e abrir novas experiências e possibilidades de mercado.

Para Marcelo Motti, vice-presidente Market Area para o negócio Minerals no Brasil, alcançar essa longevidade em um mercado instável como o brasileiro, marcado por crises, demandas e clientes diferentes, além da adaptação ao avanço das tecnologias digitais nos últimos anos, é mesmo motivo de comemoração.

“E os próximos anos serão ainda mais desafiadores, pois ficou claro para todos que as empresas que tiveram sucesso no passado não necessariamente o terão no futuro. É preciso evoluir constantemente”, diz ele.