FECHAR
FECHAR
29 de outubro de 2019
Voltar

RESULTADOS

Mercado de construção civil apresenta perspectivas positivas para o próximo ano

Plataforma online para contratação de mão de obra avalia como as mudanças nos hábitos de consumo da população têm contribuído para o setor
Fonte: Assessoria de Imprensa

Após um dos períodos mais longos de recessão, que teve início em 2015, o mercado de construção civil no Brasil começa a apresentar sinais de recuperação.

Dados mostram que a retomada de posição começou esse ano, mas ainda se depara com entraves que impedem um crescimento mais acelerado e não incentivam a captação de investimentos para o setor que, segundo especialistas, tende ser o propulsor para induzir a retomada da econômica.

No segundo trimestre de 2019, o PIB da construção civil apresentou um crescimento de 2% em relação ao mesmo período do ano passado.

Em complemento, o SindusCon-SP divulgou recentemente uma pesquisa mostrando crescimento de 2,03% nos empregos formais no setor de construção civil no mês de julho deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado e maior que as taxas registradas nos meses anteriores: junho (+ 1,65) e maio (+ 0,97%).

O habitissimo, plataforma online exclusiva para contratação de mão de obra ligados a reformas, obras e construções foi um dos meios usados por profissionais brasileiros durante o período da recessão.

Com experiência de mais de uma década no mercado, o marketplace, fundado na Espanha, chegou ao Brasil no ano de 2012, bem próximo ao início da fase de recessão. E, hoje, o país já ocupa o segundo lugar em faturamento da empresa, seguido apenas pela Espanha, onde a empresa começou suas atividades. Sozinho, o Brasil responde por 17% do faturamento do habitissimo.

Ariel Cervantes, CEO responsável pelas operações brasileiras e também em Portugal, destaca o grande potencial do país, principalmente na construção civil e do comprometimento dos profissionais na entrega do serviço e na qualidade oferecida.

“A transformação de hábitos de consumo dos brasileiros abre espaço para que plataformas como o habitissimo possam investir e ganhar espaço no mercado. O famoso boca a boca, que ainda é muito comum na busca de profissionais da construção civil, tende a abrir espaço para canais que possam disseminar mais informações. Esse fenômeno já é muito comum quando falamos de mercados como o turístico ou a gastronomia”, comenta.