FECHAR
FECHAR
08 de abril de 2019
Voltar

ENERGIA

Equipamentos Fronius são utilizados no mercado fotovoltaico no Nordeste

A Obratec Engenharia do Piauí instalou nove inversores Fronius ECO, com 27 kW cada, e 1.110 painéis de 275 W na ¬totalizando em 305.25 kW e uma capacidade de geração de energia de 44.000KWh/mês
Fonte: Assessoria de Imprensa

Geração de empregos locais, redução de gastos com a energia e atração de investimentos são alguns dos benefícios da instalação da energia fotovoltaica no Brasil, tanto que a previsão da Associação Brasileira de Energia Fotovoltaica (Absolar) é que em 2019 o mercado tenha um crescimento de 44% no país, para 3.306,4 megawatts (MW) instalados.

Ainda de acordo com a entidade, o setor deverá investir R$ 5,2 bilhões até o final do ano. Desse total, R$ 3 bilhões estão previstos para geração distribuída, nome dado à produção de energia próxima dos pontos de consumo, e o restante para os parques solares de grande porte.

O Piauí vem se destacando quando o assunto é mercado de energia fotovoltaica. É em Ribeira do Piauí que está o maior parque de energia solar da América do Sul – Parque Solar Nova Olinda, da Enel Green Poer Brasil – a 377 km de Teresina, na microrregião do Alto Médio Canindé.

A instalação abrange uma área de 690 hectares, com capacidade instalada total de 290 MW e vai gerar aproximadamente 600 GWh por ano, o suficiente para atender às necessidades anuais de consumo de energia de cerca de 300 mil lares brasileiros, evitando a emissão de aproximadamente 350 mil toneladas de CO2 para a atmosfera.

De acordo com a Absolar, Piauí, Bahia e Minas Gerais concentram em torno de 80,8% da produção de energia solar no Brasil.

De olho nesse cenário, a Fronius vem apostando em produtos para o setor de energia fotovoltaica.

E, um dos setores que tem investido em energia limpa é o agronegócio. Recentemente, a Obratec Engenharia do Piauí instalou nove inversores Fronius ECO, com 27 kW cada, e 1.110 painéis de 275 W na ¬totalizando em 305.25 kW e uma capacidade de geração de energia de 44.000KWh/mês. Com a instalação, a granja reduziu em R$ 40 mil reais mensais seus gastos com energia.

O Brasil é considerado um dos países que possui maior incidência solar – 5,4 kWh/metro quadrado – ficando à frente dos Estados Unidos, China e Alemanha. Apesar desta vantagem, há um vasto caminho a seguir.

Para o proprietário da Obratec Engenharia, Fassano Costa, a população brasileira está cada vez mais consciente sobre a necessidade de investir em sustentabilidade.

“Acredito muito no potencial deste mercado e há uma gama de oportunidades para investirmos não só em projetos residenciais, comerciais como em micro, pequenas e grandes indústrias”, comenta.