FECHAR
FECHAR
13 de maio de 2019
Voltar

RESULTADOS

Epiroc registra forte crescimento no 1º trimestre de 2019

Os pedidos recebidos foram de 10.063 milhões de coroas suecas, um pouco maior em comparação ao último trimestre de 2018
Fonte: Assessoria de Imprensa

A Epiroc divulgou seus primeiros resultados financeiros de 2019, que começaram sólidos neste trimestre.

Segundo Per Lindberg, presidente e CEO da Epiroc, as receitas aumentaram 19% para SEK (coroas suecas) 9.785 milhões (8.233), crescimento orgânico de 14%; o lucro operacional foi de SEK 1.930 milhões (1.515); margem operacional de 19,7% (18,4); lucro básico por ação foi de 1,14 coroas suecas (0,89); e, fluxo de caixa operacional de SEK 472 milhões (666).

“Nosso negócio de serviços continua a crescer de forma saudável. Isso tem um impacto positivo no resultado global e contribuirá para a nossa resiliência no futuro. As receitas de equipamentos aumentaram em relação ao ano passado, mas caíram sequencialmente em comparação com o Q4 de 2018, que foi muito forte”, afirma Lindberg.

Tendência

A demanda dos clientes no primeiro trimestre de 2019 esteve em grande parte em linha com as expectativas da empresa, explica Lindberg, com pedidos de equipamentos em níveis semelhantes aos do segundo semestre de 2018.

Os pedidos recebidos foram de 10.063 milhões de coroas suecas, um pouco maior em comparação ao último trimestre de 2018, mas apresentando uma queda orgânica de 5% em comparação com o mesmo período no ano passado.

A maioria dos pedidos de equipamentos de mineração ainda é para expansão em relação a minas já existentes, em vez de renovação do parque de máquinas.

O negócio de pós vendas permaneceu forte, refletindo a sólida atividade no mercado, tanto em mineração quanto em infraestrutura.

“Enquanto nossos clientes continuam ativos e relativamente confiantes sobre o futuro, assim como os preços dos minérios estão em níveis saudáveis, ainda existem incertezas relacionadas ao desenvolvimento econômico. Vemos que nossos clientes investem principalmente em projetos de menor risco com foco no aumento de produtividade e eficiência”, comenta o executivo.

Inovações

De acordo com o executivo, no primeiro trimestre foram recebidos várias consultas e pedidos de soluções de automação, assim como movidas a bateria.

“Recebemos um grande pedido de equipamentos elétricos para mineração subterrânea no Canadá”, diz. “Nossas soluções de automação da Mobilaris Mining Intelligence, para suporte à gestão e decisão e aumento da eficiência e segurança em minas também recebeu pedidos em 2019.”