FECHAR
11 de fevereiro de 2020
Voltar

INOVAÇÃO

Epiroc anuncia sistema para controle remoto em minas subterrâneas

A Epiroc, através de sua plataforma Mobilaris anuncia um algoritmo de posicionamento inovador e disruptivo chamado Mobilaris Hybrid Positioning com o objetivo de disponibilizar o controle de posição de alta precisão a um custo muito menor
Fonte: Assessoria de Imprensa

Um requisito fundamental para a automação bem-sucedida de uma mina subterrânea é a capacidade de controlar com precisão o posicionamento dos equipamentos controlados à distância.

A maneira antiga de resolver o problema era usar várias tecnologias proprietárias (não padronizadas) de algumas empresas.

O problema disso foi a falta de compatibilidade entre uma solução e outra. Para que todo o conjunto funcionasse, era necessário adquirir tudo de um único fornecedor em particular. E isso geralmente levava a soluções de alto custo e baixo desempenho.

Posteriormente, o advento de tecnologias de conectividade padronizadas como WiFi ou LTE abriu o mercado, permitindo que dispositivos e soluções de vários fornecedores coexistissem na mesma infraestrutura e permitindo um ecossistema saudável.

Ainda assim, a precisão de controle de posição necessária para casos de uso mais sofisticados, como navegação no veículo, gerenciamento de tráfego, etc., não se mostrou possível com o uso dessas tecnologias padronizadas.

No entanto, como as minas subterrâneas estão cada vez mais digitalizadas e a aceitação da digitalização como um meio para aumentar a produtividade e a segurança é um...


Um requisito fundamental para a automação bem-sucedida de uma mina subterrânea é a capacidade de controlar com precisão o posicionamento dos equipamentos controlados à distância.

A maneira antiga de resolver o problema era usar várias tecnologias proprietárias (não padronizadas) de algumas empresas.

O problema disso foi a falta de compatibilidade entre uma solução e outra. Para que todo o conjunto funcionasse, era necessário adquirir tudo de um único fornecedor em particular. E isso geralmente levava a soluções de alto custo e baixo desempenho.

Posteriormente, o advento de tecnologias de conectividade padronizadas como WiFi ou LTE abriu o mercado, permitindo que dispositivos e soluções de vários fornecedores coexistissem na mesma infraestrutura e permitindo um ecossistema saudável.

Ainda assim, a precisão de controle de posição necessária para casos de uso mais sofisticados, como navegação no veículo, gerenciamento de tráfego, etc., não se mostrou possível com o uso dessas tecnologias padronizadas.

No entanto, como as minas subterrâneas estão cada vez mais digitalizadas e a aceitação da digitalização como um meio para aumentar a produtividade e a segurança é um fato, aumenta a necessidade de casos de uso mais avançados, tanto para navegação dos veículos, manuseio de materiais quanto gerenciamento de tráfego.

Até o momento, as únicas tecnologias de conectividade viáveis que atenderiam a casos de uso como esses exigiam a implementação de uma infraestrutura adicional e custosa, complementando a base instalada de WiFi ou LTE.

Como solução para esse desafio, e com o objetivo de disponibilizar o controle de posição de alta precisão a um custo muito menor, a Epiroc, através de sua plataforma Mobilaris anuncia um algoritmo de posicionamento inovador e disruptivo chamado Mobilaris Hybrid Positioning (Patente Pendente).

Essa inovação exclusiva é baseada na fusão de sensores de ponta, inteligência artificial, matemática avançada e permite o controle de posição de um veículo com precisão de 5 a 10 metros, sem nenhuma infraestrutura dedicada para o posicionamento. Não requer nenhum hardware especializado ou caro. Em vez disso, ele foi projetado para ser executado em um tablet Android padrão.

Segundo a empresa, usando a tecnologia Mobilaris Hybrid Positioning, o novo tablet Mobilaris Onboard atua de modo similar a um navegador de automóvel habilitado para GPS, porém no subsolo.

Isso permite que qualquer pessoa possa navegar e posicionar equipamentos sem nenhum conhecimento específico sobre a mina.

Quando há uma conexão de rede disponível, a posição precisa do equipamento é enviada ao sistema Mobilaris Mining Intelligence para que possa ser acessada por todos os interessados.

“Isso possibilita casos de uso ainda mais avançados, como otimização do tráfego na mina, ou ainda análises sofisticadas baseadas em posicionamento preciso, como gerenciamento de fluxo de material etc”, explica a empresa.