FECHAR
FECHAR
17 de novembro de 2020
Voltar

Cummins Power Generation no combate à crise energética do Amapá

Na esteira das contribuições, a empresa já forneceu mais de 31 mil kVA com novos grupos geradores no país para os serviços essenciais
Fonte: Assessoria de Imprensa

A Cummins Power Generation tem dedicado sua energia combater a crise energética que atinge o Amapá (AP), após incêndio na subestação na Zona Norte de Macapá (AP), na noite de terça-feira (3/11), provocando apagão em 13 dos 16 municípios do Estado.

No dia 7 de novembro, seis grupos geradores Cummins modelos C250 e C500, totalizando 2 mil kVA de potência, foram enviados pela Oliveira Energia, empresa amazonense de locação de geradores para produção de energia termoelétrica, de Manaus (AM) para a capital do Amapá, transportados em aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) para atender serviços essenciais da cidade, como hospitais e abastecimento de água.

A iniciativa faz parte do plano de ação do Ministério de Minas e Energia (MME). O Estado do Amapá tem cerca de 860 mil habitantes, segundo projeção do IBGE para 2020. De acordo com o MME, 85% dessa população foi afetada pelo apagão, ou seja, cerca de 730 mil pessoas.

Esforços

Na esteira das contribuições, a Cummins Power Generation forneceu ao país mais de 31 mil kVA entre os meses de abril e outubro com um total de 192 novos grupos geradores destinados aos serviços essenciais, diante do cenário pandêmico causado pela C...


A Cummins Power Generation tem dedicado sua energia combater a crise energética que atinge o Amapá (AP), após incêndio na subestação na Zona Norte de Macapá (AP), na noite de terça-feira (3/11), provocando apagão em 13 dos 16 municípios do Estado.

No dia 7 de novembro, seis grupos geradores Cummins modelos C250 e C500, totalizando 2 mil kVA de potência, foram enviados pela Oliveira Energia, empresa amazonense de locação de geradores para produção de energia termoelétrica, de Manaus (AM) para a capital do Amapá, transportados em aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) para atender serviços essenciais da cidade, como hospitais e abastecimento de água.

A iniciativa faz parte do plano de ação do Ministério de Minas e Energia (MME). O Estado do Amapá tem cerca de 860 mil habitantes, segundo projeção do IBGE para 2020. De acordo com o MME, 85% dessa população foi afetada pelo apagão, ou seja, cerca de 730 mil pessoas.

Esforços

Na esteira das contribuições, a Cummins Power Generation forneceu ao país mais de 31 mil kVA entre os meses de abril e outubro com um total de 192 novos grupos geradores destinados aos serviços essenciais, diante do cenário pandêmico causado pela Covid-19.

Os equipamentos fornecidos entre 300 kVA e 625 kVA de potência, modelos Cummins C300, C400 e C500D6, são fabricados no Brasil.

Os grupos geradores Cummins foram entregues para os setores de logística e transporte, agricultura, saneamento, rede de distribuição de combustíveis e alimentos.