FECHAR
FECHAR
20 de agosto de 2019
Voltar

AGRONEGÓCIO

Açotubo apresenta a versatilidade do aço para o setor sucroalcooleiro

Empresa leva linha completa de produtos e mostra como o aço está cada vez mais integrado às soluções para demandas específicas do mercado
Fonte: Assessoria de Imprensa

O Grupo Açotubo, referência em distribuição de produtos siderúrgicos na América Latina, participa como expositor na 27ª Feira Internacional da Bionenergia – Fenasucro e Agrocana, que acontece entre os dias 20 e 23 de agosto em Sertãozinho, São Paulo.

A empresa vê o evento como uma grande vitrine de oportunidades para estreitar relacionamentos e mostrar o aço como solução às demandas do mercado sucroalcooleiro que exigem versatilidade, durabilidade, baixo custo de manutenção e ainda atendam a normas específicas.

“A feira contribui muito com a informação do setor, um dos motivos para o crescimento superior a dois dígitos por ano nas vendas da nossa divisão de aços inoxidáveis para usinas, somado, claro, ao desenvolvimento de novas ligas e a necessidade de processos mais sustentáveis”, explica Bruno Bassi, diretor executivo do Grupo.

Oportunidades x Aço Inox

Atualmente os aços inoxidáveis são utilizados mais em áreas das usinas onde há o contato com produtos corrosivos, abrasivo ou processos com trocas de calor. Mas a flexibilidade do material abre possibilidades de aplicação e retorno em áreas da indústria que hoje utilizam, no geral, linhas compostas de aço carbono, como em caldeiras, linhas de pré-ar, evaporadores, máquinas de transporte, etc.

Além disso, afirma Bassi, é preciso considerar que o setor passou por um período de recessão em 2008, quando os investimentos nas plantas caíram significativamente. Ou seja, muitos grupos não modernizaram suas linhas e ainda atuam com equipamentos defasados. Hoje o cenário é positivo, com perspectivas de investimento e, consequentemente, de crescimento.

“Estamos preparados para atendimento do setor sucroalcooleiro. Em 2019 deixamos o mix de produtos ainda mais completo com barras maciças redondas, quadradas e sextavadas; barras chatas e cantoneiras nos mais diversos diâmetros. Isso sem falar da estrutura, equipamentos e profissionais qualificados para o desenvolvimento de projetos de todos os portes”, finaliza.