FECHAR
FECHAR
03 de maio de 2019
Voltar
Pneus

Vertente avançada de gestão

Sistemas capazes de medir e informar em tempo real a pressão e a temperatura constituem uma das vertentes mais modernas da oferta de ferramentas para gestão de pneus

Segundo maior custo variável das transportadoras, os pneus também impactam diretamente o item líder desse ranking: o consumo de combustível, que pode ser significativamente reduzido se esses componentes forem mantidos devidamente calibrados, alinhados e em bom estado de conservação.

Até porque pneus em mau estado podem acarretar custos ainda mais consideráveis, no caso de acidentes, por exemplo, com indenizações e danos à imagem da empresa. Portanto, é extremamente importante para uma transportadora – assim como outras empresas que detêm grandes frotas de veículos –, manter uma gestão eficaz de seus rodantes.

No Brasil, onde os veículos pesados frequentemente rodam por estradas precárias, essa gestão torna-se ainda mais imperiosa. Todavia, nem sempre é algo simples, especialmente quando isso envolve centenas de veículos de diversos portes, que consomem milhares de pneus.

Lançada no ano passado, versão mais recente do sistema CyberFleet utiliza tecnologia Bluetooth em substituição ao RFID

Para facilitá-la – e também otimizar o uso desse valioso ativo –, o mercado conta com um diversificado arsenal de ferramentas para gestão dos pneus, no qual há desde seções específicas de softwares de administração até soluções vinculadas à chamada Internet das Coisas (IoT), fundamentadas em sensores e sistemas para comunicação em tempo real (no jargão desse mercado, esses sensores capazes de transmitir informações são denominados chips, o que leva os pneus nos quais eles são inseridos a serem chamados de “pneus chipados”).

ALGORITMO

Algumas dessas tecnologias são desenvolvidas pelos próprios fabricantes de pneus – que em futuro não muito distante podem até se valer delas para oferecer pneus não mais como produto, mas como uma modalidade de serviço. Um desses fabricantes é a Prometeon, que produz sob licença pneus da marca Pirelli para caminhões, ônibus, equipamentos agrícolas e equipamentos OTR.

O portfólio da empresa comporta soluções como o sistema CyberFleet, capaz de monitorar em tempo real a pressão e a temperatura dos pneus. “O veículo pode ser calibrado com os pneus frios ou quentes, pois o algoritmo faz o cálculo de compensação da pressão adequada”, destaca Marcos Gali, gerente de serviços da Prometeon para a América Latina.