FECHAR
FECHAR
07 de julho de 2017
Voltar
Compactos & Ferramentas / Transporte seguro de abrasivos

Em geral, os mangotes utilizados para reforços e coberturas são fabricados com compostos de borracha, seja natural (para usos que apresentam alto índice de abrasão interna do material a ser transportado) ou sintética (para líquidos pouco abrasivos e derivados de petróleo). “Para resistir à pressão de trabalho e, ao mesmo tempo, oferecer flexibilidade adequada às aplicações, os reforços mais indicados são os têxteis, tais como lona impregnada de borracha, que é o tipo mais comum, ou trançado”, detalha Murta, da Gates.

PORTFÓLIO

Por sinal, a Gates fabrica mangotes para transporte de sólidos leves (como areia), sólidos pastosos (lama) e líquidos (água, combustíveis e derivados de petróleo). Para todas essas aplicações, o diâmetro interno pode variar de 1 a 6 polegadas, conforme explica o executivo. “A empresa também fabrica mangotes acima de 6 polegadas de diâmetro interno, porém, nesses casos, deve ser realizada uma consulta prévia”, acresce.

A Metso, por sua vez, apresenta uma linha de mangotes com estrutura em seis camadas. De acordo com Audrei Moron, coordenadora de desenvolvimento de mercado para bombas da fabricante finlandesa, a parte interna é constituída por uma grossa camada de borracha natural homogênea e flexível, que – segundo ela – suporta a abrasão e reduz a vibração e o impacto de sólidos. “A dureza dessa borracha varia de acordo com a granulometria da polpa a ser transportada”, ressalta.

Além da borracha, a estrutura interna do mangote também contém quatro camadas de cordões de poliéster e uma espiral metálica em aço galvanizado, posicionada meticulosamente na angulação mais eficiente, com a função de absorver a pressão interna e manter a estabilidade do diâmetro, prevenindo assim torções e dobras excessivas.

Além disso, o mangote da Metso possui uma camada interna extra de borracha, para garantir flexibilidade e otimizar a adesão entre as camadas. “Já na estrutura externa, o mangote é recoberto por borracha especial, que protege a estrutura contra danos externos, tais como abrasão, corrosão, luz do sol e ação do ozônio”, complementa Moron, destacando ainda que a linha de soluções para bombeamento da Metso inclui mangotes de 2 a 24 polegadas de diâmetro interno, sendo indicados para uso com polpas de granulometria em torno de 10 mm.

CUIDADOS

O ambiente de armazenamento, a variação nos materiais e o acabamento da cobertura exterior têm efeito direto sobre a vida útil de um mangote de mineração.