FECHAR
FECHAR
27 de abril de 2012
Voltar
Equipamentos de Apoio

Sobre chassi ou cavalo mecânico?

Os fatores determinantes para a escolha são a mobilidade, no caso de equipamentos encarroçados, ou o tempo de permanência da oficina em pontos estratégicos, determinando a operação da unidade fixa

Para Júlio César de Oliveira, diretor da Impacto Indústria de Implementos Rodoviários, a montagem da oficina móvel sobre chassi ou em carreta puxada por cavalo mecânico atende à mesma finalidade, uma vez que ambos podem ser configurados de forma semelhante.

“Outro indicador relevante para a escolha é a possibilidade de maior número de recursos em veículos montados em semirreboques devido ao seu grande comprimento”, avalia o especialista. No rol de recursos adicionais para esse tipo de configuração (carreta tracionada por cavalo mecânico), ele inclui um pequeno escritório e sanitários, entre outros recursos possíveis.

O diretor da Impacto chama a atenção para os implementos multifuncionais, que podem atender a mais de uma necessidade de campo sem demandar o deslocamento de outra unidade. Para ele, esse tipo de oficina tem se tornado mais comum, sendo o guincho apenas um acessório, embora tenha bastante aplicação em campo. “O que consideramos multifuncional, no entanto, é a complementação de aplicações. Esses equipamentos são desenvolvidos de forma personalizada, a partir do relato de clientes”, ele completa.

Baraldi, da Bozza, avalia que a oficina sobre chassi se destina a unidades que devem se deslocar em campo para atender os equipamentos que estão em operação. Já a unidade móvel montada sobre cavalo mecânico normalmente seria aplicada quando a oficina permanecerá fixa em uma base operacional. Os equipamentos, nesse caso, deslocam-se até esse ponto para receber os reparos. “Vários clientes da Bozza optaram por essa opção, entre eles, a Construtora Fagundes, cujo implemento com essa configuração está em fase final de montagem na nossa fábrica.”

 


Para Júlio César de Oliveira, diretor da Impacto Indústria de Implementos Rodoviários, a montagem da oficina móvel sobre chassi ou em carreta puxada por cavalo mecânico atende à mesma finalidade, uma vez que ambos podem ser configurados de forma semelhante.

“Outro indicador relevante para a escolha é a possibilidade de maior número de recursos em veículos montados em semirreboques devido ao seu grande comprimento”, avalia o especialista. No rol de recursos adicionais para esse tipo de configuração (carreta tracionada por cavalo mecânico), ele inclui um pequeno escritório e sanitários, entre outros recursos possíveis.

O diretor da Impacto chama a atenção para os implementos multifuncionais, que podem atender a mais de uma necessidade de campo sem demandar o deslocamento de outra unidade. Para ele, esse tipo de oficina tem se tornado mais comum, sendo o guincho apenas um acessório, embora tenha bastante aplicação em campo. “O que consideramos multifuncional, no entanto, é a complementação de aplicações. Esses equipamentos são desenvolvidos de forma personalizada, a partir do relato de clientes”, ele completa.

Baraldi, da Bozza, avalia que a oficina sobre chassi se destina a unidades que devem se deslocar em campo para atender os equipamentos que estão em operação. Já a unidade móvel montada sobre cavalo mecânico normalmente seria aplicada quando a oficina permanecerá fixa em uma base operacional. Os equipamentos, nesse caso, deslocam-se até esse ponto para receber os reparos. “Vários clientes da Bozza optaram por essa opção, entre eles, a Construtora Fagundes, cujo implemento com essa configuração está em fase final de montagem na nossa fábrica.”