FECHAR
FECHAR
06 de agosto de 2014
Voltar
Momento M&T Expo

Referência para o setor

Ao introduzir tecnologias e fomentar negócios, a maior feira de equipamentos para construção e mineração na América Latina impulsiona desenvolvimento da indústria

Em 2015, a M&T Expo (Feira Internacional de Equipamentos para Mineração e Construção) completa 20 anos. Considerado o maior evento de negócios do setor na América Latina e uma das principais exposições do segmento em nível mundial, a feira trienal tem sua bem-sucedida trajetória diretamente ligada à evolução da área de máquinas no Brasil.

Idealizada pela Sobratema, a feira originalmente recebeu o nome de I Mostra de Manutenção, Equipamentos & Tecnologia Aplicada, sendo promovida entre 16 e 20 de setembro de 1995 no prédio da Bienal, no Ibirapuera (SP).

“Foram mais de trinta reuniões realizadas desde dezembro de 94, quando fizemos o lançamento oficial do evento, até sua inauguração”, recorda Afonso Mamede, atual presidente da entidade e vice-presidente da instituição à época.

EVOLUÇÃO

De fato, a primeira edição da feira representou um marco para a área de equipamentos no país, atraindo 7.500 visitantes interessados em conhecer as novidades de 70 expositores, representando 95 marcas. “A feira era uma demanda do mercado, uma vez que não havia um evento direcionado exclusivamente a esse segmento no Brasil”, afirma Mamede. “Até a realização da M&T Expo, as empresas do setor precisavam expor em encontros de outros segmentos para tentar atingir seu público de interesse.”

Naquela época, o Brasil vivia transformações econômicas profundas, com a abertura das importações e a quebra de reserva do mercado de informática, o que possibilitou o acesso a novas tecnologias, como a eletrônica embarcada, por exemplo. “O momento era ideal para promover um evento em nosso setor, no qual os fabricantes de equipamentos e prestadores de serviços tivessem a oportunidade de mostrar seus produtos, dar mais visibilidade às suas marcas e fazer negócios”, analisa Mamede.

Nas sucessivas edições, a M&T Expo seguiu uma trajetória de crescimento contínuo. Realizada em 2012, a oitava edição – a mais recente – alcançou números recordes, com mais de mil marcas e aproximadamente 3,5 mil equipamentos apresentados por 494 expositores nacionais e internacionais, além de um público qualificado de quase 55 mil profissionais do Brasil e do exterior.

CONSOLIDAÇÃO

A expressiva expansão ao longo dessas duas décadas consolidou o evento como o mais importante termômetro para fabricantes, usuários e fornec


Em 2015, a M&T Expo (Feira Internacional de Equipamentos para Mineração e Construção) completa 20 anos. Considerado o maior evento de negócios do setor na América Latina e uma das principais exposições do segmento em nível mundial, a feira trienal tem sua bem-sucedida trajetória diretamente ligada à evolução da área de máquinas no Brasil.

Idealizada pela Sobratema, a feira originalmente recebeu o nome de I Mostra de Manutenção, Equipamentos & Tecnologia Aplicada, sendo promovida entre 16 e 20 de setembro de 1995 no prédio da Bienal, no Ibirapuera (SP).

“Foram mais de trinta reuniões realizadas desde dezembro de 94, quando fizemos o lançamento oficial do evento, até sua inauguração”, recorda Afonso Mamede, atual presidente da entidade e vice-presidente da instituição à época.

EVOLUÇÃO

De fato, a primeira edição da feira representou um marco para a área de equipamentos no país, atraindo 7.500 visitantes interessados em conhecer as novidades de 70 expositores, representando 95 marcas. “A feira era uma demanda do mercado, uma vez que não havia um evento direcionado exclusivamente a esse segmento no Brasil”, afirma Mamede. “Até a realização da M&T Expo, as empresas do setor precisavam expor em encontros de outros segmentos para tentar atingir seu público de interesse.”

Naquela época, o Brasil vivia transformações econômicas profundas, com a abertura das importações e a quebra de reserva do mercado de informática, o que possibilitou o acesso a novas tecnologias, como a eletrônica embarcada, por exemplo. “O momento era ideal para promover um evento em nosso setor, no qual os fabricantes de equipamentos e prestadores de serviços tivessem a oportunidade de mostrar seus produtos, dar mais visibilidade às suas marcas e fazer negócios”, analisa Mamede.

Nas sucessivas edições, a M&T Expo seguiu uma trajetória de crescimento contínuo. Realizada em 2012, a oitava edição – a mais recente – alcançou números recordes, com mais de mil marcas e aproximadamente 3,5 mil equipamentos apresentados por 494 expositores nacionais e internacionais, além de um público qualificado de quase 55 mil profissionais do Brasil e do exterior.

CONSOLIDAÇÃO

A expressiva expansão ao longo dessas duas décadas consolidou o evento como o mais importante termômetro para fabricantes, usuários e fornecedores de equipamentos para construção e mineração na América Latina. Tanto que, na edição de 2012, boa parte dos compradores preferiu aguardar a realização da feira para conhecer as novidades dos fabricantes, negociar a compra de novos equipamentos ou finalizar negócios já iniciados. Isso, evidentemente, refletiu-se nos resultados da feira, que movimentou cerca de R$ 1,2 bilhão (estimativa).

Antes, em 2009, quando as incertezas decorrentes da crise econômica mundial afetavam o mercado, a feira já havia representado um importante divisor de águas ao alcançar um montante estimado de R$ 1 bilhão em negócios, ajudando assim a reverter consideravelmente os reflexos daquele conturbado período.

Segundo Mamede, a participação dos principais fabricantes de equipamentos somada à visitação de empresários, engenheiros e profissionais das principais construtoras e mineradoras reforça o posicionamento de protagonismo do evento no cenário latino-americano. “Sem dúvida, a M&T Expo é hoje a principal vitrine para lançamentos e inovações tecnológicas em equipamentos para a construção e mineração na América Latina, além de ter se tornado uma referência para o mercado”, destaca Mamede. “Para 2015, já há um grande expectativa por parte de todos os envolvidos – expositores e visitantes – em saber o que a feira vai apresentar. para depois definir o rumo de seus negócios.”

COMUNICAÇÃO

De acordo com o presidente da Sobratema, essa característica marcante de contribuir para mudar a direção e o ânimo do setor de equipamentos para construção e mineração também corrobora para o papel da M&T Expo em ser um impulsionador no desenvolvimento tecnológico e mercadológico desse segmento. “É um importante diferencial e um atributo exclusivo de nossa feira”, ressalta.

Por essa razão, toda campanha de comunicação da M&T Expo 2015 está baseada em sua atribuição de ser um polo agregador de tecnologias, inovações e negócios do segmento, constituindo uma referência para todos os profissionais envolvidos. Além disso, a comemoração dos 20 anos também será enfatizada durante os preparativos para a realização do evento, bem como nos cinco dias de realização da feira.

Mamede destaca ainda características da exposição como o pioneirismo, a inovação e a sustentabilidade. “Em 2012, inauguramos uma nova era em feiras de grande porte com a utilização do credenciamento eletrônico por chip”, comenta. Isso possibilitou obter, em tempo real, o número exato e a localização dos visitantes que participaram do evento. Já em termos de sustentabilidade, a Sobratema elaborou um plano ambiental que englobou uma série de iniciativas sustentáveis. “Dentre todas as ações realizadas, a principal foi a concessão de um selo ambiental para expositores que comprovaram a prática de atividades para a redução de emissões de poluentes decorrentes das ações planejadas antes, durante e após a M&T Expo”, finaliza.