FECHAR
08 de junho de 2015
Voltar
Compactos & Ferramentas

Pintura irretocável

Sejam elétricas ou pneumáticas, as pistolas de pintura são ferramentas fundamentais para garantir alta qualidade de acabamento às mais diferentes aplicações

Seja na construção, indústria ou serviços, uma boa pintura exige precisão não só das mãos do operador, mas também da escolha correta de uma ferramenta que permita a execução perfeita do trabalho, sem a necessidade de repetição da tarefa executada.

E é justamente para a realização desses trabalhos que existem as pistolas de pintura, ferramentas fundamentais que podem ser utilizadas tanto em pinturas imobiliárias e automotivas profissionais, como em oficinas mecânicas, marcenarias, serralherias, funilarias, pulverização de motores e até mesmo artesanato.

De modo geral, as pistolas de pintura podem ser pneumáticas ou elétricas. Segundo Elisângela Durães, gerente de marketing da Vonder, as pistolas pneumáticas para pintura são ferramentas que trabalham com ar comprimido, sendo indicadas para uso profissional, uma vez que para executá-las o operador necessita de uma linha pneumática específica, incluindo compressores, mangueiras, reguladores e conexões, por exemplo. “O produto permite diversas possibilidades de aplicação”, complementa Durães. “Os modelos disponíveis em nosso portfólio também contam com a troca de bico, o que aumenta ainda mais a gama de aplicações.”

Já as pistolas elétricas para pintura são indicadas para uso tanto profissional quanto amador, na base do “faça você mesmo”, com a vantagem de não precisar de uma linha pneumática, conforme explica a gerente da Vonder. “Nesse caso, as principais indicações de uso incluem pintura de portas, portões, janelas, cadeiras, banquetas e outros objetos”, diz ela.

Na hora de escolher a melhor opção, a especialista destaca que antes é preciso atentar para a especificação da tinta que vai ser utilizada, pois cada modelo de pistola é indicado para determinada viscosidade. Após conferir esse detalhe, já é possível selecionar a ferramenta.

ELÉTRICAS

Na Vonder, todas as pistolas elétricas contam com sistema HVLP (High Volume Low Pressure), que – como enfatiza Durães – confere alto volume e baixa pressão à pintura, proporcionando maior rendimento e menor desperdício de tinta, além de cobertura uniforme da área a ser trabalhada, o que garante uma melhor qualidade de acabamento.

Durães explica que as pistolas elétricas da Linha PEV são disponibilizadas em quatro diferentes modelos, que basicamente se diferenciam em potência, capacidade de vazão da tinta e viscosidade. “As ferramentas possuem corpo e caneca em plástico, que proporciona maior leveza à pistola e ergonomia aprimorada ao operador”, afirma.