FECHAR
03 de maio de 2019
Voltar
Pulverizadores

Para uma safra mais protegida

Dedicados à aplicação de fertilizantes e defensivos, pulverizadores ganham mais tecnologia para uma utilização precisa e segura em diversas culturas do agronegócio

Plantas daninhas, pragas e doenças são alguns dos desafios enfrentados pelos agricultores quando o assunto é garantir a produtividade da lavoura. Outro desafio considerável é o uso correto de nutrientes nas plantas, que colaboram para uma boa safra.

Segundo Rafael Arcuri, coordenador de treinamento da Jacto, a proteção da lavoura contra pragas e a disponibilização de nutrientes para as plantas estão entre as principais práticas para assegurar a produtividade no campo. E para garantir que os produtos utilizados atinjam o alvo desejado, é recomendado o uso de um bom pulverizador agrícola. “Pulverizar significa distribuir uma substância líquida em pequenas partículas, na quantidade correta e nos locais desejados”, define. “Em agricultura, a pulverização geralmente é utilizada para distribuir produtos agroquímicos, nutrientes ou fertilizantes, além de fungicidas, pesticidas, herbicidas e dessecantes, protegendo a plantação de insetos, pragas e doenças e deixando a lavoura pronta para a colheita.”

E para garantir o uso assertivo dos pulverizadores, a tecnologia aparece como grande aliada dos produtores. Máquinas inteligentes e modernas são capazes de medir, calibrar, gerenciar e melhorar a aplicação, evitando sobreposições, desperdícios de insumos, atrasos na aplicação – que muitas vezes provocam perdas significativas na lavoura – e custos excessivos com combustível. “Somente por meio da agricultura de precisão o agricultor consegue melhorar a rentabilidade de forma sustentável, aplicando o elemento certo, na medida, lugar e tempo corretos”, diz o gerente de marketing de produto da John Deere Brasil, Fábio Dotto.

De acordo com ele, os pulverizadores são utilizados por produtores de todas as principais culturas agrícolas desenvolvidas no país, constituindo um ponto fundamental para o bom andamento produtivo e, também, para o combate de pragas e doenças. “A utilização deste maquinário para estes fins é mais efetiva quando comparada a outros métodos de aplicação de defensivos e fertilizantes”, acresce o especialista.

Pulverizadores são utilizados nas principais culturas agrícolas desenvolvidas no país

Segundo Fernando Petroli, supervisor de marketing de produto da AGCO para a linha Massey Ferguson, são diversas as variáveis técnicas que garantem um melhor desempenho e uniformidade na aplicação. No que se refere à máquina, especificamente, alguns fatores que contribuem para maior eficiência na aplicação de insumos incluem, por exemplo, alta capacidade de tração em rampas, chassi flexível para maior versatilidade, piloto automático com precisão centimétrica e controlador de pulverização, além de um bom conjunto de quadro e barras. “Agronomicamente falando, também é importante uma boa escolha das pontas de pulverização – levando-se em consideração o produto a ser aplicado e a quantidade de litros por hectare – e análises de temperatura, umidade relativa do ar e velocidade do vento”, recomenda.