FECHAR
03 de maio de 2019
Voltar
Fabricante

Opção para o mercado

Comemorando um século de atividades no Brasil, a fabricante finlandesa METSO investe no mercado de caçambas para caminhões OTR, com destaque para um modelo híbrido
Por Melina Fogaça

Fabricante das mais tradicionais no segmento de soluções para mineração e agregados, a Metso comemora 100 anos de atividades no Brasil esforçando-se para ingressar em novos nichos de mercado. Nesse sentido, um dos investimentos mais recentes da empresa é a entrada no mercado de caçambas para caminhões, com destaque para uma inédita caçamba híbrida de (aço/borracha) para o segmento fora de estrada.

Segundo o novo diretor de vendas da área de agregados da fabricante no país, Everson Cremonese, o principal diferencial do novo produto – comercializado na linha Metso Truck Body – é o fato de ser revestido com uma camada de borracha especial de 80 mm, fabricada pela própria Metso. Com cerca de 30% a menos de peso em relação ao componente tradicional revestido em aço, a solução promete trazer maior durabilidade e um expressivo aumento de capacidade de carga, que – de acordo com o executivo – pode chegar a várias toneladas. “Feita em aço de alta resistência, essa caçamba revestida com borracha chega a durar seis vezes mais do que a caçamba totalmente de aço”, assegura. “Ela também oferece a vantagem de ser mais leve, o que reduz o ruído e a vibração, além de contribuir para um menor consumo de combustível.”

De acordo com a fabricante, a caçamba híbrida de aço/borracha pode ser utilizada tanto em caminhões OTR utilizados na mineração, quanto em veículos do tipo basculante rodoviário, adotados na construção. Assim, o objetivo da empresa com o novo produto é oferecer uma alternativa ao mercado fora de estrada, abrindo um novo nicho e passando a competir diretamente no segmento de substituição de caçambas originais dos caminhões OTR.

E, nesse aspecto, a aposta no modelo híbrido – que foi apresentado oficialmente ao mercado internacional durante a bauma 2019 e deve começar a ser produzida no Brasil até o final deste ano – tem outro fundamento significativo. “Reformar uma caçamba revestida de borracha leva em torno de seis horas, enquanto as produzidas totalmente em aço consomem cerca de três dias de atividades”, ressalta Marcelo Franco Motti, vice-presidente da Metso Brasil.

GLOBAL

Lá fora, além da caçamba híbrida a empresa apresentou outras novidades ao mercado, como o novo modelo Urban LT96 para plantas de britagem, também exibido na bauma. Integrando a série Lokotrack Urban, o novo equipamento é indicado para operações de britagem em centros urbanos de alta densidade populacional, pois promete níveis mais baixos de emissões de ruído e poeira, se comparado à britagem convencional.