FECHAR
FECHAR
11 de março de 2010
Voltar
Notas

Brasileiras perto de levar a obra do trem-bala Madri-Lisboa

As construtoras Andrade Gutierrez e Odebrecht lideram a concorrência para construção da primeira linha do trem de alta velocidade entre Lisboa e Madri, com operação prevista para 2013. O consórcio das duas empreiteiras apresentou o melhor preço para a construção do trecho Porceirão-Caia, com 150 km.

A Odebrecht entrou na disputa com duas cotas, uma própria e outra de sua subsidiária em Portugal, a Bento Pedroso. Já a Andrade Gutierrez participa por meio da Zagope, construtora local. Fazem parte do consórcio outras três empreiteiras e dois bancos portugueses.

Batizado como “Elos - Ligações de alta velocidade”, o consórcio formado pelas brasileiras agora disputa o contrato com o Altavia Alentejo, liderada pela empreiteira portuguesa Mota-Engil.