FECHAR
FECHAR
07 de julho de 2017
Voltar
Fabricante

As estradas falam

Após solicitação, a Mercedes-Benz customiza caminhões semipesados e decide ampliar a oferta do modelo Atego; Montadora conquista contrato de 524 veículos pesados
Por Luciana Duarte

Atenta às necessidades dos clientes, a Mercedes-Benz decidiu ampliar a oferta da linha de semipesados da marca. Agora, dois novos modelos na família Atego já podem sair de fábrica nas configurações 4x2 e 6x2, equipados com cabinas padrão e estendidas. Os caminhões serão destaques na Fenatran, o maior evento de transporte rodoviário da América Latina, que acontece em outubro na capital paulista.

Por solicitação da Via Lácteos, empresa do Paraná especializada na coleta de leite em fazendas, a customização foi promovida sob a coordenação da área de CTT (Custom Tailored Trucks) da montadora. Segundo a fabricante, a parceria com o cliente foi fundamental para desenhar um pacote especial de robustez (leia Box na pág. 62) para a linha. “Eles pediram um caminhão mais ágil, seguro e confortável para atividades fora da estrada, que pudesse enfrentar operações severas de transporte”, explica Roberto Leoncini, vice-presidente de vendas, marketing e peças & serviços para caminhões e ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

Com uma frota de 500 caminhões-tanque circulando em áreas rurais, mas também enfrentando estradas de asfalto para entregar o produto, a Via Lácteos sentiu a necessidade de um veículo mais robusto. Após a montadora aceitar o pedido de customização, a unidade da transportadora em Matelândia, no oeste do Paraná, comprou dez veículos Atego modelo 1719 4x2 e outras dez unidades na versão 2426 6x2. “Na ocasião em que o cliente nos procurou, entendemos que um caminhão fora de estrada modelo 2730 6x4 seria muito grande e não atenderia à necessidade”, comenta Marcos Andrade, gerente de produto da Mercedes-Benz. “De fato, ele precisava de um caminhão menor com características próprias, para rodar em pisos irregulares com desenvoltura.”

O executivo explica ainda que todas as customizações empreendidas pela equipe da montadora atendem às necessidades de muitos outros transportadores. “O pacote robustez possibilitou essa venda e, possivelmente, vamos conquistar outros empresários do setor agropecuário”, comenta. “Por isso, o disponibilizamos para toda a linha Atego. Sem dúvida, há espaço no Brasil rural para muitas unidades de semipesados.”

De olho nas oportunidades, a Mercedes-Benz já mira novos nichos de mercado para posicionar os novos modelos da linha. Andrade explica que a marca vê oportunidades estratégicas também em aplicações urbanas, como coleta de lixo, entrega de bebidas e carga em geral. “Muitas cidades têm topografia com valetas, lombadas e buracos, além de subidas íngremes, de modo que as nossas soluções cabem perfeitamente nessas aplicações”, diz ele.